image Soluções Audiovisuais para um Evento de Sucesso image 3 ideias para usar o Vídeo no Funil de Marketing

Marketing Digital: Como Usar o Vídeo nos anos 20

Se ainda está a tentar perceber como utilizar o vídeo na sua empresa, marca ou negócio, a Click and Play traz-lhe várias sugestões para integrar este conteúdo na sua estratégia de Marketing Digital.

Na Click and Play, acreditamos que o vídeo já não é  “the next big thing” é a BIG THING, e integrar o vídeo nas suas estratégias de marketing é agora vital para agarrar a atenção do consumidor e, mais importante, mantê-la.

Com o início do novo ano, continuamos a ver a influência e a força do vídeo nas estratégias de marketing a crescer. 

Se está a magicar como poderá utilizar o vídeo na sua estratégia de marketing, a Click and Play vem ajudá-lo!

Trouxemos-lhe as tendências para o ano que aí vem, com muitas dicas sobre como utilizar o vídeo em 2020.

Tendências do Vídeo no Marketing em 2020

1ª Tendência: Live Streaming

Os vídeos em direto tornam a comunicação mais direta. O consumidor sente que estão a falar para ele especificamente.

Este sentimento de intimidade estimula o engagement na medida em que as dúvidas e comentários do consumidor são respondidos em tempo real.

Atualmente, as empresas recorrem ao Live Stream para promover novos produtos, fazer anúncios, demonstrar os seus serviços/produtos em ação, Webinars, sessões de perguntas e respostas, entrevistas e eventos.

A melhor parte dos vídeos em diretos é sem dúvida a simplicidade e a liberdade de fazermos o que se quisermos.

O que se pode tornar uma dor de cabeça para os produtores, é a maior atração para o seu público – conteúdo cru diretamente de quem gostam e de quem se interessam.

Cada vez mais as plataformas online disponibilizam a funcionalidade do LiveStream – Facebook Live, Intagram Live, Youtube Live, e mais recentemente o LinkedIn – isto porque há uma necessidade de conectar o que está a acontecer às pessoas que estão em casa a ver os vídeos.

 

2ª Tendência: Vídeos Verticais

Por muito que nos custe admitir (e acredite que nos custa mesmo muito), nós passamos grande parte do nosso tempo nos nossos telemóveis, até mais do que no computador ou no tablet.

E isto é suficiente para explicar a importância dos vídeos em formato vertical (1080×1920, normalmente).

Esta tendência deve-se maioritariamente ao Instagram e ao Snapchat, e aos seus formatos de Stories. Esta ferramenta permite-nos publicar vídeos verticais e com durações que variam entre os 15 segundos e 60 minutos, no caso do IGTV.

Vídeos para o canal do Instagram (IGTV) abre todo um leque de oportunidades para as marcas divulgarem o seu conteúdo neste formato, e posteriormente publicarem diretamente para o seu canal de YouTube.

 

3ª Tendência: Vídeos Tutoriais

O que dissemos sobre 2019 pode ser dito hoje: vídeos tutoriais simplificam a comunicação entre as empresas e o consumidor final.

Há até quem diga que os vídeos tutoriais e os vídeos DIY (faça você mesmo) são a origem do grande boom dos vídeos. E se calhar até têm razão, visto que 30% das pesquisas no YouTube são por vídeos “How To”.

Vídeos tutoriais e explicativos são altamente procurados, o que imediatamente colocam as marcas como especialistas sobre o assunto – enquanto oferecem conteúdo valioso aos utilizadores.

Criar um tutorial do seu produto/serviço que torna o processo de adesão fácil, e crie vontade no seu consumidor de continuar a usar.

 

4ª Tendência: Incluir Vídeos no Funil de Marketing

Tendo em consideração que o vídeo é um formato de conteúdo valioso no que toca a encorajar comportamentos, é chocante ver que marketers o consideram “conteúdo interessante de ter” ao invés de uma NECESSIDADE. 

Esta pode ser uma das explicações para o fraco desempenho de algumas estratégias de marketing que tinham “tudo para dar certo”.

Este é o ano de 2020, e cada vez mais se torna crucial implementar o vídeo ao longo de toda a estratégia de marketing.

Por ser um formato de conteúdo que exige muito da entidade, recorrer ao vídeo nas diferentes fases do funil de marketing, e nos diferentes canais de comunicação, ajudam a tornar a viagem do consumidor mais direta e focada no que realmente importa.

Desde vídeos que explicam os valores da marca até vídeos que explicam passo-a-passo como funcionam produtos ou serviços, as pessoas estão mais inclinadas a assistir a um vídeo do que ler conteúdo escrito.

Numa fase de atração de clientes, pode recorrer ao vídeo para atrair clientes para o website, na medida em que 53% consumidores reagem com uma página depois de assistir a um vídeo da marca nas redes sociais. O vídeo também se torna benéfico na fase de relacionamento com o possível cliente, com campanhas de email marketing com recurso a vídeo.

As oportunidades do vídeo são infinitas, e o retorno de investimento deste tipo de formato ainda é maior. Mas, acima de tudo, o vídeo cura as dores do nosso consumidor, providencia apoio ao cliente, e transforma leads em consumidores.

 

5ª Tendência: As Vloggers dos anos 20 são as Empresas

Já conhecemos o trabalho importante que as influencers têm no reconhecimento das marcas. Basta pensar que essas pessoas se tornaram especialistas em determinados assuntos, e o seu público reconhece-lhes autoridade.

Agora, quem é o maior especialista do que a própria empresa que trabalha diariamente com esses problemas?

Quem é que terá melhores ideias de receitas inovadoras do que um restaurante, que todos os dias apresenta uma ementa diferente? Quem terá os melhores truques para tirar manchas de roupa do que um hotel, que todos os dias limpa milhares de lençóis? Quem melhor para lhe indicar que smartphone deve comprar do que um revendedor de eletrónica, que escolhe ao pormenor todos os dispositivos que disponibiliza para venda?

Assim, em 2020 assistimos ao Vlogging por parte das próprias empresas! Estas preocupam-se em estabelecer uma maior proximidade com os seus consumidores e mostram a parte humana por detrás das grandes torres de escritórios.

Vlogging é das melhores formas de humanizar a sua marca e mostrar ao seu consumidor alvo os bastidores da sua grande equipa, as rotinas e valores. Pode aproveitar para mostrar o lançamento de um novo produto ou um dia típico no escritório – vale tudo para dar uma cara ao seu negócio!

 

6ª Tendência: Vídeos Longos são o que está a dar!

Esqueça tudo o que sabe sobre engagement nos vídeos: vídeos longos geram mais engagement do que vídeos curtos.

Estamos constantemente a ouvir que o período de atenção do ser humano está cada vez mais curto – apesar de haver um estudo que nega completamente esta afirmação

Esta falsa acusação está a moldar o panorama digital, mas isso pode vir a mudar em 2020.

Não há como negar a facilidade em ver vídeos curtos, especialmente on the go e nas redes sociais, porém estes vídeos falham em criar a ligação emocional que tornam as marcas memoráveis para os consumidores.

Em 2017, cerca de 80% dos vídeos online duravam menos de 5 minutos, no entanto, estes vídeos curtos geravam menos de um terço do engagement geral do conteúdo de vídeo. Por outro lado, vídeos com 15 minutos ou mais geravam metade do engagement.

Estas estatísticas provam que as pessoas continuam interessadas na sua mensagem e na sua marca.

Apenas os vídeos com mais de 5 minutos são capazes de contar uma história e torná-la memorável, ao mesmo tempo que educam sobre produtos ou valores da marca.

 

7ª Tendência: Vídeo 360

Vídeos 360 são conteúdo como nenhum outro. Esta realidade imersiva possibilita ao espectador consumir este conteúdo de forma interativa e real.

Este tipo de vídeos é cada vez mais usado em estratégias inovadoras de marketing, e nós acreditamos que a sua utilização vai continuar a crescer.

Diversos dispositivos e óculos de realidade virtual, como os Oculus Go, tornam os vídeos 360º cada vez mais acessíveis. Por consequência, as pessoas têm maior tendência de observar/consumir/visualizar um vídeo 360, do que o mesmo vídeo no formato tradicional.

Segundo a BusinessWire, o vídeo 360 gera uma intenção de compra 7% maior,

enquanto ajuda as marcas a destacarem-se de todas as outras. 

Isto significa que os vídeos 360 são mais eficazes no retorno de investimento (ROI), do que o formato tradicional de vídeo, e criam uma maior notoriedade de marca e maior engagement.

Este formato de vídeo é particularmente interessante no ramo do turismo ou na área de eventos, podendo ser aplicado em qualquer tipo de negócio.

E mais uma…

A tendência que nunca sai de moda é o conteúdo! 

As redes sociais, o crescimento das “Stories” e a forma como as pessoas consomem informação contribuíram para a importância do vídeo, que continuam a marcar as tendências para 2020.

Mas apenas o conteúdo de qualidade é capaz de oferecer valor à sua marca e projetá-la para um futuro de sucesso!

Nunca deixe de apostar no valor da sua marca, e lembre-se sempre do vídeo!

Mantenha-se a par das tendências e tenho um ótimo 2020!

 

 

O vídeo em 2020

É do conhecimento geral que as empresas usam o vídeo cada vez mais. A verdade é que o vídeo revolucionou a forma como consumimos conteúdo, isto porque é capaz de distribuir informação de forma mais interativa, visual e de forma interessante.

Para além disso, o vídeo é um meio natural de storytelling, tornando-o o meio mais eficiente de persuasão, e no final do dia a melhor forma de publicidade

O estudo do Hubspot revela que os vídeos ajudam o engagement de uma marca e por consequência as vendas. Aliás, 64% dos consumidores afirmam que o vídeo de uma marca teve impacto nas suas decisões de compra.

Conheça mais artigos da Click and Play

Related Posts
  • All
  • By Author
  • By Category
  • By Tag